Oitava Colina

Blog nada a ver, só por distração...

1/10/2008

Afunda, Titanic!!!!!

Ah, Titanic... o filme mais visto, mais falado, mais premiado, mais... insuportável da face da Terra. Isso na minha opinião, claro, não duvide que haja um fã-clube tão grande quanto os zilhões de dólares que o James Cameron arrecadou por conta desse filme. Pediram a mim que escrevesse um texto sobre esse assunto, então lá vai...
Primeira vez que ouvi falar sobre o Titanic - o navio, né... - foi no momento em que acharam os restos do naufrágio. Isso lembro direitinho, se não me engano em 1988, numa reportagem do Fantástico (quando este ainda era um programa interessante e com boas reportagens).
Quando foi mesmo que lançaram o filme? Mil novecentos e noventa e alguma coisa, lembro que estudava Letras em Uberaba, ia e voltava de ônibus e, numa passada na praça Rui Barbosa, uma senhora fila no quarteirão do cine São Luís. A turma inteira do busão comentou: ah, é o Titanic! E dá-lhe comentários de "eu vi", "eu não vi", "eu vou ver, vamos?" e parecidos... nessa época não deu pra ver no cinema, e olha que em outro cinema, no Vera Cruz, ficou Titanic em cartaz por uns quase 3 meses...
Fui ver, mesmo, a apresentação do Oscar em que o filme abocanhou praticamente tudo. Claro que isso serviu pra ver o clima de "surpresa" na premiação. Prova disso foi uma Madonna com cara de desdém ao dizer "oh, que coisa..." ao entregar mais uma estatueta ao "Taitanic"...
Aí você me pergunta... "ué, mas você não viu??" Calma, vi sim. Uns 2 ou 3 anos depois um tio meu me emprestou duas fitas de vhs - filme de 3 horas, antes da expansão do dvd, sabe como era - e então vi.
E então vi... que não perdi muita coisa. Até hoje não entendo como um filme xaropento daqueles ganhou tanto prêmio, dinheiro e nome. O casalzinho protagonista chato, uma questão de diferenças sociais pouco aprofundada, a trilha sonora melequenta - e olha que eu gosto da Celine Dion, uma trama que poderia muito bem durar 90 minutos sem perder o contexto... e ainda falam que Plano 9 do Espaço Sideral é o pior filme do mundo!
A única coisa que serviu, na minha humilde opinião, foi para ser um dos poucos exemplos de filme premiado do Oscar campeão de bilheteria - fala sério, quantos filmes indicados a Oscar você já viu, hein? Eu mesma não vi 90 por cento!! De resto, mais um filminho chato, que tende a ser reprisado for ever and ever por Globo, Record e afins.
Falando nisso... uma historinha. Uma das vezes que passou Titanic na Globo, na Tela Quente, eu estava fazendo curso de pós-graduação em Uberlândia e estava dividindo um apartamento com algumas colegas. Nessa noite, impossível dormir: no apartamento de cima, puseram a TV na maior altura e, enquanto Rose e Jack sofriam, as moças - de uma república, imagino - faziam faxina. Imaginem o som de filme, choradeira por conta do filme e... sons de vassoura e balde. Pois é, essa sonoplastia já valeria, pelo menos, uma Framboesa de Ouro...

2 Comments:

At 4:05 PM, Blogger Nanael Soubaim said...

Missão cumprida mesmo! O Oscar de maior remadora-contra-a-maré vai para Lis Zago.

 
At 6:31 PM, Blogger mitale said...

por que vc não vai se ferrar sua bosta?!
vc não é ninguém perto de Kate.
vc é apenas uma louca querendo chamar a atenção!
vbc não é nada idiota!

 

Postar um comentário

<< Home